jump to navigation

Do casamento sueco (Não, eu não tô pensando em casar!) maio 21, 2010

Posted by danifarias in Aleatoriedades.
Tags: , ,
trackback

Eu juro que não pretendo usar isso aqui só pra falar da mudança, da Suécia e blabla, mas ontem eu passei por um choque cultural antes mesmo de chegar lá e resolvi comentar. :p

A Suécia é uma monarquia parlamentar, então tem rei, rainha, princesa e o diabo a quatro – e claro, muita fofoca.

(Btw, todo país devia ter uma família real pra nutrir as revistas de disse-me-disse e aquecer a economia, gerando emprego para os sub-jornalistas e entretendo milhões de dondocas nos salões. Se bem que aqui a gente não precisa de uma família real per si, as novelas e a realeza futebolística cumprem bem esse papel, heh. ) /randomrant

Mas como eu ia dizendo, a princesa Victoria vai se casar em junho, com um plebeu (seu ex-personal trainer); e isso parece bem comum por lá. A irmã dela, princesa Madeleine, ia casar com um advogado esse ano (mas desmanchou o noivado porque ele tava chifrando a pobi com uma norueguesa, escândalo total). Até mesmo a rainha Sílvia não é de linhagem real (ela é filha de uma brasileira; muitos pensam que ela é brasileira, mas na verdade ela é alemã. No entanto, ela morou aqui na infância bastante tempo e diz que é “brasileira de coração”).

Princesa Victoria e o noivo

O casalzinho em questão.

Ver a realeza casando com pessoas comuns condiz totalmente com a famosa filosofia sueca de pregar a igualdade total entre todos. A Suécia é um país que se orgulha de respeitar as diferenças e tratar a todos como iguais, sem distinção de sexo, raça ou credo. Basicamente qualquer coisa que você leia sobre a Suécia vai citar esse aspecto (mesmo que não seja totalmente verdade nos dias de hoje, como muitos imigrantes relatam).

E é esse ponto que nos leva à grande fofoca de ontem, primeira página dos jornais e papoco grande no twitter: o terrível e absurdo fato de que a princesa Victoria quer que o pai dela a leve até o altar na cerimônia.

WTF, pensei eu.

A tradição da igreja sueca (de origem luterana) obedece a constituição ao pé da letra.  Então, num típico casamento sueco, os noivos entram juntos na igreja, lado a lado. O ato simboliza que ambos estão ali por vontade própria, o pai não está “empurrando” a filha. Sendo assim, o desejo da princesa está ferindo o costume local e introduzindo o que eles chamaram de americanismo, dizendo que essa “moda” veio dos filmes. E claro, a princesa não pode dar mal exemplo.

Achei bonita essa história de entrar junto e tal, de certa forma. Mas é um costume que também retrata bem o quão individualistas independentes eles são – eles não tem esse apego com a família como os latinos tem, e não se importam nem buscam o aprovo de ninguém. Não estou dizendo que a família não seja importante pra eles (até porque não tenho conhecimento de causa), mas pelo o  que eu sinto dos conhecidos que eu tenho por lá é que as raízes são bem menos profundas do que as que a gente cria por aqui.

Por lá, o casamento é dos noivos; aqui é mais do que isso, é uma união de famílias. E é óbvio que hoje em dia ninguem vê o pai entrando com a filha na igreja e pensa que ela está ali amarrada; é uma demonstração de afeto e respeito.

Essa leitura radical de simbolismos como esses me faz lembrar do pessoal do PETA e das feministas que ficam indignadas se um rapaz faz uma gentileza. As tais liberdade e igualdade não dão a ela o direito de escolher o que ela quer sem ser julgada? Uns diriam que sim, se ela fosse uma qualquer; mas ela é realeza né…afinal, qual é a função da realeza hoje em dia senão ser um símbolo, seja lá do que for?

Ah, claro, gerar fofoca e posts aleatórios como esse. :3

PS: Papai, se um dia eu casar (LOL) você vai entrar comigo onde quer que seja, viu? ;D

PS2: Como diabos eu sei tanto sobre a família real de lá? Nem eu sei, culpa do twitter acho. E todo mundo sabe que eu sou uma esponja de cultura inútil. :3

PS3: Não, novamente, eu não estou pensando em casar. ¬¬’

Comentários»

1. Pablo - maio 22, 2010

Adendo; não, dani bananinha não está pensando em casar… com um sueco. Mas com um norueguês, ah, diliça :D~

2. pik - maio 26, 2010

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk..
Adorei o comentário acima! ehuiehuiehiehuieiehieuheihe

Ah, obrigada pelos conhecimentos acima divididos, eu estava por fora dessa…
Só uma pergunta (provavelmente ignorante por se tratar de algum dialeto entre pessoas estranhas como vc.. *lasquei-me*).. o que seria /randomrant ??

Beijos :)

3. danifarias - maio 26, 2010

é um pensamento, sermãozinho aleatório, minha não-amiga. :*

4. danifarias - maio 28, 2010

tu quer casar é?

Ass: Biba

5. Victoria e Daniel « do forno ao freezer - junho 19, 2010

[…] gente procurando no Google por informações sobre o casamento da princesa Victoria e caindo no meu post! Como eu também assisti um pouquinho da cerimônia, aí vão uns links pra imagens, notícias e […]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: