jump to navigation

Sem Teto junho 4, 2010

Posted by danifarias in Utilidade Pública.
Tags: , , , ,
trackback

Fora o visto e a viagem de avião, a coisa que tá me deixando mais ansiosa ultimamente é a questão do alojamento.

Desde antes de enviar meus documentos pra tentar a vaga, eu já ouvia um tititi de que a situação imobiliária na Suécia é caótica. Nunca dei muita atenção nem corri atrás – não queria me iludir procurando apartamento sem sequer ter passado (e mesmo se eu passasse, ainda não era certo que eu fosse)! Pois é, eu deveria ter feito isso antes.

Conseguir um lugar pra ficar nas cidades grandes –  como Estocolmo e Gotemburgo – ou nas famosas por serem centros estudantis – como Lund – é bem difícil. São literamente milhares de pessoas disputando a uma chance de VISITAR um apartamento – isso mesmo, tem seleção até pra VER o apartamento antes de alugar.

O caminho natural de quem tá procurando um apartamento antes de chegar ao país é procurar nos sites das imobiliárias ou nos classificados. No fim desse post vou listar tudo o que eu encontrei, pra não ficar maçante pra quem não quer saber disso. :p

Um resumão da história pros amigos:

Apartamentos Disponíveis

Lista de apartamentos disponíveis. Os que estão marcados em amarelo escuro são os que foram indicados pra mim. Agora olhe a coluna "Reg. Count.". Esse é o número de pessoas que estão disputando o mesmo apartamento comigo. RÉ!

Isso é pra mostrar o quão surreal é conseguir um apartamento. Outra opção é alugar um quarto na casa de uma pessoa ou de estudantes que estejam dividindo um apê; o chato é que o aluguel custa praticamente o mesmo de um desses apartamentos estudantis, com a desvantagem de estar na casa alheia. :/ E claro, tem muita concorrência até pra isso! Já recebi uma porção de nãos e alguns “tente depois”. Só um me deu ok, mas achei uma história meio suspeita e deixei pra lá. Como ainda é junho, as pessoas estão preferindo alugar pra quem está indo pra lá apenas fazer cursos de verão; em julho/agosto devem aparecer mais vagas.

Na pior das hipóteses, vou pra lá sem casa definida e fico no hostel onde me hospedei nas férias. Dia 25 de agosto vai ter uma espécie de “feirão” pros estudantes, então pode aparecer algo bom. E claro, vou conhecer outros alunos e quem sabe rachar um apartamento maior com mais gente.

Agora meio que me arrependo de não ter aplicado pra Uppsala, o custo de vida lá é menor, e é bem mais fácil de conseguir uma casa…


Aqui tá o caminho das pedras, caso alguém precise:

Blocket: São os classificados suecos, onde tem de tudo, tudo mesmo – bicicleta, jóias, carros, casas, lanchas, maridos. Lá você encontra anúncios para todo o país; para aluguel, venda e sublocação também, e pode por um anúncio se oferecendo para alugar um quarto ou casa. O problema é que nele nem sempre você vai encontrar anúncios de imobiliárias e sim de uma pessoa física, o que te deixa mais sujeito a golpes; é sempre bom tomar cuidado.

Studentlya: Reza a lenda que eles oferecem apartamentos e quartos, mas até hoje só encontrei quartos por lá. Muito desorganizado; os próprios usuários são encarregados de retirar seus anúncios depois que conseguem alugar, mas ninguém faz isso. Resultado: um monte de anúncios desatualizados que só servem pra irritar. Mas é uma opção…

Lá você também pode por um anúncio, dizendo que está procurando lugar pra ficar.

Os demais links só são válidos pra quem vai pra Gotemburgo:

As faculdades recomendam ao estudantes uma olhada nos sites das residências estudantis. No meu caso, a Chalmers oferece duas opções: SGS e Chalmers Studentbostader.

SGS: As residências da SGS são distribuidas por tempo de espera – quando você se cadastra no site, entra na fila; quem estiver na fila há mais tempo tem preferência. Me cadastrei assim que fui aprovada, mas fiquei sabendo que os suecos se cadastram lá quando ainda estão fazendo o Ensino Médio, pra já garantir tempo de fila. Isso é, muito improvável conseguir algo assim. Outro problema é que eles só deixam você começar a concorrer por vagas depois de efetuar um cadastro completo, enviando passaporte, carta de aceite da faculdade E visto. Como ainda não tenho o visto, não pude tentar nenhum; no entanto, expliquei minha situação e eles me disseram que meu cadastro já está valendo (isso é, já estou acumulando tempo de espera); só não posso tentar alugar ainda.

A SGS também oferece alguns poucos apartamentos, dependendo da disponibilidade, no esquema Sista Minuten (último minuto), também conhecido como “quem chegar primeiro ganha”. Você clica no apartamento quando ele aparecer e tem DOIS MINUTOS pra preencher o cadastro. Se demorar mais do que isso, o apê vai pro próximo candidato. Adrenalina total. :p

Chalmers Studentbostader: As residências da Chalmers se dividem em prédios estudantis, próximos aos dois campi. Se você estiver indo no esquema Erasmus Mundus, relax: A Chalmers garante um apartamento em um dos prédios para você. Do contrario, bem vindo ao inferno! Você vai ter de procurar no:

Boplats: Aqui é onde eu passo a maior parte do tempo. Eles anunciam não apenas as vagas das residências da Chalmers, mas também apartamentos em geral para quem não é estudante e  quartos na casa de outras pessoas. Você se cadastra e preenche um perfil; você é obrigado a escolher um número fixo de bairros onde você gostaria de morar, e indicar o quanto você está disposto a pagar. Com base nisso, o site te recomenda apartamentos. Dependendo da área que você escolher, é normal passar semanas sem receber recomendação alguma, e quando você finalmente recebe alguma coisa, descobre que outras 1000 pessoas também querem o mesmo apartamento que você. O critério de desempate, segundo eles, é a adequação do apartamento ao seu perfil e também sua posição na fila de espera. Frustrante.

Você pode tentar concorrer aos apartamentos que não foram indicados para você também, mas o site emite um aviso que praticamente diz “Aham, senta lá Cláudia.”.  A possibilidade de conseguir um indicado é ínfima, não indicado então é impossível.

Espero que isso ajude. Se alguém tiver outra dica, por favor divida! Lycka till!


Comentários»

1. NaNe - junho 11, 2010

Eita que pelo visto tá crítica mesmo a situação de moradia por lá.. Na dúvida, leva uma barraquinha de camping pra garantir seu cantinho ! xD

2. Grace Olsson - julho 6, 2010

Nao..nhao é nao…encontrar um lugar para morar em Uppsala é bem complicado. A cidade é toda voltada para estudantes…Eu estou para aplicar pra um Mestrado lá e já me enconro bem desesperada. Parece que eu vou ter que ir e vir, diariamente, por causa de moradia…
Aqui na Suécia, alugar ou comprar alguma coisa é bem complicado.As regras sao diferentes. Se vc souber como foi que fizemos para comprar uma casa..e o que fizemos para vender a casa quando fomos morar no Brasil, vc naov ai a creditar…


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: